quinta-feira, junho 16, 2011

SOU GAY E NÃO CONSIGO VIVER SOZINHO


From:
To: blogdobento@hotmail.com
Subject: SOU GAY E NÃO CONSIGO VIVER SOZINHO
Date: Sun, 12 Jun 2011 00:39:34 +0000

Olá Bento, desculpe o incômodo, mas tenho me enchido de bençãos do Senhor lendo suas postagens no blog diariamente, na verdade, leio o site do Caio e leio também o que você posta por lá como "BOBBY, UM CÃO FORA DOS PADRÕES" (1) , que me lembro ter lido em 2006, entre outras coisas...

Sendo bastante objetivo, eu sou o cara para o qual o Caio escreveu "UM GAY É ALGUÉM PARA DEUS?" (2) Na época eu sofria demais com desejos e medos, sempre sofri muito com essa "condição", por tudo que você respondeu a moça que descobriu seu filho... por medo dos meus pais saberem, até hoje eles "não sabem", coloco entre aspas pois até acredito que haja a desconfiança, há muitos anos não namoro uma menina.

Bento, eu definitivamente não me sinto a vontade pra contar pra eles, acho que eles não tem a estrutura que essa mãe do "DESCOBRI QUE MEU FILHO É GAY. O QUE EU FAÇO?" (3) teve, acho que seria a maior decepção do mundo... também por medo da igreja saber, ou dos meus amigos, a sociedade de um modo geral... Hoje, alguns amigos mais chegados meus sabem, me amam e me respeitam, me considero muito bem resolvido, não sinto mais dor por ser assim, sinto que Deus me fez assim e convivo muito bem com isso, trabalho, estudo e tenho uma vida social muito tranquila com muitos amigos queridos...

Não frequento mais uma igreja, frequento o site, seu blog, etc...

Mas uma coisa me perturba, eu não quero de fato, viver sozinho, quero encontrar alguém pra mim, não sou um cara promíscuo, não vivo me pegando com ninguém, há muitos anos não fico com uma menina e também há muitos anos não fico com um menino, mas procuro... E quero muito encontrar...

Na net, trabalho, estudo, navego nas redes sociais -facebook. orkut, twitter, etc, e eventualmente vejo alguma pornografia... não fico a vontade pra te falar isso, mas o fato é, que eu sinto tesão, sinto vontade de fazer sexo e como não faço real, acabo entrando no "sub-mundo" virtual...

Gostaria da sua opinião, do seu conselho... enfim...

De qualquer forma, obrigado pela atenção.

Abraço querido!

========================

Meu querido irmão e agora amigo,


 

Li seu email e os que você trocou com o Caio Fabio. Agradeço sua confiança e paciência no aguardo da minha resposta – que demora um pouco porque levo muito a sério o que aqui escrevo, pois sei que prestarei contas a Deus por toda letra teclada.

Alegrei-me em saber que você hoje aceita ser quem você é. Como você sabe muito bem, o suicídio de muitos que preferiram tirar a própria vida por não aceitarem ser quem são é uma constante lembrança do quão difícil é alguém reconhecer e aceitar que é Gay.

Entristeci-me por você não poder contar aos seus pais que é Gay.

Alegrei-me também em saber que você acalmou seu coração e preferiu ficar quieto não buscando moças e nem rapazes, mas aproveitando as oportunidades que surgiram para cultivar amizades. Claro, quem me conhece ou lê o que eu escrevo há mais tempo sabe que minha recomendação aos que são Gays inatos (de nascença) é que tentem viver sem um companheiro homo ou heterossexual, pois essa postura pode lhes evitar muitos aborrecimentos e conflitos.

No entanto, a descrição que você fez do que está acontecendo me faz pensar que talvez você não tenha vocação para isso. O seu envolvimento com pornografia é uma demonstração mais do que clara que o Celibato talvez não seja para você. Heterossexuais piedosos, mas sem vocação para o Celibato, podem desenvolver uma sexualidade tão adoecida que se não for cuidada pode desembocar até em Pedofilia. Da mesma forma isso também pode acontecer com Homossexuais.

A pornografia é uma porta de entrada para o sexo sem envolvimento afetivo. Parece inofensiva. Mas, para mim, é expressão clara de uma sexualidade adoecida e viciante. Portanto, se você não quiser se tornar um ser sem alma e que usa os demais como meros objetos de prazer, evite-a. Sexo sem envolvimento afetivo é condição indispensável para o ofício da prostituição e ingrediente básico da promiscuidade – seja ela Homossexual ou Heterossexual. Acho que não são essas coisas que você deseja para a sua vida.

Não sei se você já notou, mas acho que essas três coisas estão interligadas: 1) A ocultação de sua Homossexualidade dos seus pais e amigos 2) O seu desejo de ter alguém a quem você ame 3) A pornografia.

Encontrar alguém que seja como você se torna mais difícil sem que saibam que você é Gay. Porém, se mesmo assim você encontrar esse alguém, como fará para manter o relacionamento de vocês em oculto? Ou seja, a conclusão é óbvia: como você não quer que saibam que você é Gay, isso dificulta você achar alguém a quem possa amar, por isso acaba na pornografia.

Ou seja, não vejo como você possa se livrar desse círculo vicioso sem assumir perante os outros aquilo que você já assumiu para si mesmo. Não estou falando de nenhuma "parada do orgulho gay" – coisa que eu abomino tanto quanto os "caçadores de gays" –, mas de você assumir quem você sabe ser. Claro, isso não vai ser fácil e nem indolor. Porém, as pessoas precisam saber que você não escolheu ser assim e nem quer passar a vida inteira fingindo ser quem não é.

Por último, quero que você e todos os que me lêem saibam em que eu me baseio para lhe dizer tudo isso que aqui escrevo, pois muita gente me escreve perguntando sobre como meu ponto de vista sobre essa e outras questões se encaixam em certas passagens bíblicas.

Eu só tenho preocupação em agir/falar/pensar em concordância com uma única passagem bíblica: "amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo." Afinal, Jesus disse que "nisso se resume toda a Lei e os Profetas." Portanto, eu me atenho em obedecer ao básico e essencial, segundo Jesus. Por isso, eu tento tratar os Gays e as demais pessoas da mesma forma que eu gostaria de ser tratado, caso estivesse na pele deles.

Portanto, é como pai de quatro filhas que eu escrevo a um moço que tem idade para ser meu filho. Se uma das minhas filhas fosse Gay, e eu só viesse saber disso através de outros, me sentiria fracassado como pai. Não por ela ser Gay, mas por eu ter sido um pai diante de quem ela precisava usar uma máscara para ser aceito.

Espero e oro que isso que escrevi possa servir de ajuda a você que me escreveu e a tantos quantos leiam essa nossa troca de emails.

Que Deus seja contigo e te dê sabedoria para tomar as decisões que você precisa para não se envergonhar de coisa alguma.


 

Bjs

Bento Souto

http://blogdobento.blogspot.com/

blogdobento@hotmail.com

  1. "BOBBY, UM CÃO FORA DOS PADRÕES"
  2. "UM GAY É ALGUÉM PARA DEUS?"
  3. DESCOBRI QUE MEU FILHO É GAY. O QUE EU FAÇO?

7 comentários:

Cláudio Nunes Horácio disse...

Meu Deus! Que dor é esta? Meu irmão, assuma-se homossexual e seja feliz" não é a vida mais do que os julgamentos e a pessoa mais do que sua sexualidade? Tem misericórdia de ti mesmo meu irmão! Bento: excelente sua resposta.

disse...

Irmão, eu bem sei como ser aceito é difícil, principalmente quando se sofre bullings durante todo o período escolar, só por simplesmente ser eu! Não é um problema o que vc tem em mãos: é uma decisão que vai mudar toda a sua vida! Que Deus te conduza e te ajude a entender que Ele não nos criou para sofrer. Disse sim que teríamos aflições, mas nos pediu bom ânimo, porque Ele venceu o mundo! Bento: conheci seu blog através do Pr. Edvar e estou amando a cada dia ver o agir de Deus e a sabedoria dEle na sua vida! Deus continue abençoando!! Abraços.

Denise disse...

Meu querido, a pior coisa é esconder da sociedade de quem somos. Tendo a convicção de quem vc é, não vejo necessidade de se esconder.O dia em que se assumi-homossexual, vai se sentir mais leve, tirar esse peso desnecessário das suas costas.Pelo que eu li, vc tem tudo pra ser muito feliz.
Bento, Deus sempre te usando para falar aos nossos corações.Que Deus continue nos abençoando.!!! Bjos!

Pr. Ronaldo Alves disse...

Usar o episódio da mulher adúltera para justificar a tolerancia do pecado do homosexualismo é uma ignorância hermenêutica sem tamanho, por ignorar que Jesus ensinava não só a lição do perdão, mas a mais importante, a do arrependimento, pois a proposta de Jesus foi que ela não cometesse mais adultério:"...vai e não peques mais". Jesus vai sempre perdoar todo pecado de todos os pecadores se houver arrependimento sincero com a determinação de não mais cometer o mesmo pecado. Jesus ama o pecador, mas abomina o pecado, Já que Ele é o ´próprio Deus encarnado e não resta duvidas da afirmativa do Profeta Isaias (59:2)que o pecado faz separação entre Deus e os homens, porem o arrependimento trás Deus pra perto. Não é dificil perceber que essa mulher adúltera estava completamente arrependida, haja visto que estava sendo carregada pra ser morta (apedrejada). Com certeza estava arrependida do que fizera, e muito provavelmente dizendo pra si mesma que se pudesse voltarno tempo não teria cometido tal pecado. Pense nisso!

Anderson Silva disse...

Opa,boa tarde,Olha eu aqui denovo,blog muito bom,sempre que dá passo por aqui,continua postando ai,quero ver isso aqui cada vez melhor,alguem ai sabe desse site http://www.rastreadorgps.org/ ? to querendo saber se é bom,dizem que rastrea carro,moto,pessoas até...alguem ja ouvir falar?abraços,bom trabalho ai com o blog que ta fera!

Ednizer Alberto Jorge Tomas Tomas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ednizer Alberto Jorge Tomas Tomas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.