segunda-feira, junho 06, 2011

O PIPIU, A BUCHUDA E O CAMINHÃO


Eu costumo dizer que, lá na casa do meu pai, Dominó é uma coisa séria. Meu sobrinho de cinco anos, Cauê, já domina a arte de jogar Dominó como poucos. Ele é o parceiro mais constante de meu pai (78 anos) em incontáveis partidas. Quem joga logo começa a dominar a língua do Dominó. Assim, o que para um observador comum significa uma peça com seis bolinhas de um lado e seis do outro, para um jogador de Dominó significa o "carroção ou carrão de sena". Ou seja, os números e peças são conhecidos por outros nomes, tais como:

1 = ás ou pio

2 = duque

3 = terno

4 = quadra

5 = quina

6 = sena

nada = branco

uma peça com números iguais nas duas partes = carrão ou carroção.


 

Bom, mas o que isso tem a ver com o título desse texto, O "PIPIU", A "BUCHUDA" E O "CAMINHÃO"?

Tem a ver com o fato de que nunca mais eu conseguirei olhar para uma pedra de ás ou pio, ou um "carroção de sena" sem lembrar de "Dario" (EU GOSTO É DE SATANÁS!). Leia o texto do link ao lado para você entender quem é "Dario".

"Dario", depois daquele episódio narrado em EU GOSTO É DE SATANÁS! se tornou nosso parceiro de Dominó. Não perde um dia. Quando eu chego e ele me vê, logo vem na minha direção querendo jogar. Eu me divirto quando vejo alguém jogar um "ás ou pio" e ouço o "Dario" dizer: "um pipiu". Também bolamos de rir quando ele joga o "carroção de sena" e chama de "caminhão", com aquela voz grave e profunda que ele tem.

Sim, o convívio diário com "Dario" tem me feito perceber a força poderosa do Amor. Sem nunca ter feito nenhuma sessão de exorcismo, mas muitos exercícios de paciência, dedicação e Amor, eu presencio "Dario" sentado ao meu lado, rindo, alegre, jogando Dominó, e não consigo deixar de me lembrar do episódio de Jesus e do endemoninhado gadareno, quando se diz que alguns "Indo ter com Jesus, viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido, em perfeito juízo; e temeram". Claro, "Dario" não está em "perfeito juízo", assim como não estão muitos outros internos daquele asilo. Mas esse é um assunto entre ele e Jesus.

E a "BUCHUDA"? O que tem a ver com o texto?

"BUCHUDA" é o que se diz que leva aquele (a) que perde sem ganhar uma única partida. Hoje, eu joguei com o intuito claro de fazer "O Pato" ganhar de todos nós. É sempre um desafio intelectual maravilhoso jogar para perder. Na casa do meu pai eu jogo para ganhar e dar "BUCHUDA" em todos. Lá, no Asilo, eu jogo para perder e proporcionar alegria aos jogadores, principalmente, ao ganhador.

É um barato ver a folia e algazarra que acontece aos finais de partida. Gozações, pilhérias e impropérios são proferidos. No entanto, a memória de alguns já anda tão fraca que, após mexer as peças para uma nova partida, eles não se lembram mais quem ganhou.

Mas hoje "O Pato" disparou a ganhar. Quando o placar chegou em 8 para "O Pato", 2 para "Dario", 1 para "Thomas" e ZERO para mim, não agüentei as piadas e ganhei uma, frustrando o desejo deles de ver "O Pato" me dar uma 'BUCHUDA". Quem sabe algum dia eu não leve alegremente uma "BUCHUDA"? Quem sabe? Mas, hoje, não. rsrsrs

Aproveito esse texto para dar uma oportunidade a você de também proporcionar alguma alegria aos internos. Nós estamos precisando de uma mesa e quatro cadeiras para jogarmos Dominó. Atualmente, jogamos em uma mesa de leitura e/ou numa outra de alimentação, portanto, inadequadas (por serem muito grandes) para o jogo. Precisamos de uma mesa pequena e quatro cadeiras – que podem ser de plástico firme, para que os velhinhos não caiam. Se você quiser doar essa mesa, envie aos cuidados de Irmã Fabíola ou Irmã Joilma.

Segue abaixo o endereço:

INSTITUTO SÃO VICENTE DE PAULO

Rua Paulo de Frontin, 204 – Centro

58.400-310 - Campina Grande – PB


 

Se você quiser fazer uma doação, eis os dados:

INSTITUTO SÃO VICENTE DE PAULO

BANCO DO BRASIL

AG. 0063-9

C/C - 20.040-9

CNPJ 08.854.226/0001-61

FONE 83 3337-1470


 

Antecipadamente agradeço.


 

Bjs Bento Souto

2 comentários:

Tati Vice disse...

Adorei o jogo de dominó!

ana disse...

eu não conhecia os nomes.. rs