sexta-feira, agosto 19, 2011

MEU MARIDO NÃO QUER TRANSAR COMIGO

 

marido não quer transar

From: K.
To: blogdobento@hotmail.com
Subject: Depoimento - Meu marido não quer transar comigo
Date: Fri, 18 Ago 2011 16:05:34 +0000

Prezado,

Que a graça e a paz do Senhor seja contigo!!!

Sou evangelista o meu ministério que o Senhor me concedeu foi de libertação.

Mais desde que me casei não consigo ter uma vida sexual ativa com meu marido, que também é evangelista.

Tenho 22 anos, na minha lua de mel começou o meu transtorno como o meu marido, o mesmo não conseguiu ter ereção, tentei de varias formas pouco tive êxito. Não pequei contra o Senhor me guardei, ou seja, não obtive relação com ele antes do casamento.

O meu marido e eu no começo tentávamos ter uma vida sexual ativa, durante a semana mantiamos relação sexual 3 vezes.

Os dias foram se passando e agora piorou mais, mantenho relação com ele de três em três messes.

Para estimular o meu marido já tentei de tudo, vestir fantasias sexuais para estimular o seu desejo, não tive retorno, sempre tento estimula-ló, beijando-o, fazendo carrinho na sua parte intima entre outras coisas e nada, quando faço carinho na sua parte intima o mesmo não gosta me repreende falar que nem sempre está preparado, não tá a fim, tá cansado, etc...

O meu marido tem 34 anos de idade, estou casada vai fazer 2 anos dia 10 de setembro. Devido a esse fato sou uma pessoa frustrada, estou com depressão, engodei 10 kl a mais, mais graças a misericórdia de Deus já perdi até mais do que engordei, me sinto muito triste com a minha vida pois esperei no Senhor, a bíblia diz que o Senhor nos entregar a benção completa, sempre servir o senhor em espirito e em verdade, fazendo a obra dele com amor, carinho e zero.

Para piorar a cada dia que passa ele decai espiritualmente, se vou para obra, igreja, tenho quer ir sozinha, pois o mesmo não me acompanha, fica em casa assistindo televisão. Não ora mais é raro ele fazer isso. Ele recebe convite para pregar e não vai. Já chamei ele para o dialogo, mostrando para ele a obrigação dele como marido, obreiro e filho de Deus, ele fala que vai mudar suas atitudes e nunca muda, estou já sem forças, não tô entendendo o processo de Deus comigo, pois casei para ficar só, é dessa maneira que me sinto.

Deus me usar para abençoar tantas vidas, ajudar espiritualmente, vejo Deus operando o milagre em muitas vidas me usando como instrumento, lógico que não para minha gloria e honra e sim para gloria e honra do nome dele.

Já sugeri que fosse pedir ajuda especializada, ele não foi, para ele é como a situação estivesse muito bem, ou seja, está acomodado. Está feliz com essa situação, pois não toma uma providencia, além de tudo isso, ele sempre quer transferir as suas responsabilidades para mim, fala que sou eu a culpada de tudo isso, pergunto pq? ele não tem argumento fica calado, converso com ele, peço para ele me falar aonde que estou errando para me consertar, pq do jeito que tá não tá dando mais de ficar, falo para ele para buscarmos uma saida junto, mais nada adianta.

Vão pessoas atras de me, para ajudar na sua vida sentimental, ajudo, pois não posso expor ele e muito menos a minha vida pessoal para as pessoas que estão indo atras de ajuda. Mais me sinto uma hipócrita falando que Deus vai solucionar tudo, oramos e vejo o milagre acontecer na vida delas, na minha vida oro jejuo e nada muda.

Preciso de uma providencia rapida de Deus, pois não quero pecar, temo ao Senhor o Deus da minha vida. Não quero que aconteça comigo o que aconteceu com Davi, e nem o que tem acontecido com meus irmãos em Cristo Jesus, que li no seu blog.

Cordialmente.

K.

=========================

Querida K.,

 

Agradeço a confiança em mim depositada e rogo a Deus que Ele lhe conceda Graça e Sabedoria.

Li o seu relato e não pude deixar de sentir a sua frustração por ver o sonho de ser feliz no casamento virar fumaça, apesar de todos seus esforços. Tenho filhas com idades próximas a sua e o que lhe direi aqui seria a mesma coisa que diria a elas.

Pelo que você me contou não há mais nada que eu possa lhe dizer, a não ser para você sair desse casamento inexistente. Seu marido não gosta de sexo, não ama você ou é gay – já que ele diz não ter qualquer problema e nem necessitar de ajuda especializada. Desculpe a franqueza, mas não consigo ver nenhuma outra explicação para um sujeito de 34 anos, casado, achar normal ter uma relação sexual – insatisfatória, segundo você – a cada três meses. Se ele ama você, não é gay, mas não gosta de sexo, isso por si só já constitui “jugo desigual”. Afinal, você gosta e sente falta.

Se você retirar do seu relato todas as menções a bíblia, igreja, Deus, etc., você verá que o que sobra é: casei virgem e descobri que meu marido não quer saber de sexo. Ponto final.

Agora, olhando o cenário religioso no qual você está inserida fica fácil entender a posição dele e o motivo porque você ainda não se separou. Sim, você se tornou refém daquela interpretação errônea que diz que, se você se separar dele, sem que ele haja cometido adultério, você se tornará adúltera. Portanto, se você persistir crendo nisso estará condenada a ser enterrada viva nesse túmulo que os outros chamam de casamento. Dele (o casamento), segundo essa crença, você só sairá quando sua alma não agüentar mais e levar você a cometer o adultério que já dá pintas de querer acontecer, segundo suas próprias palavras. ”Não quero que aconteça comigo o que aconteceu com Davi, e nem o que tem acontecido com meus irmãos em Cristo Jesus, que li no seu blog.”

Portanto, se você não quer mesmo que isso aconteça, aja de acordo com sua consciência e se divorcie dele. Vocês não têm filhos e isso facilita as coisas. Não espere pela aprovação de ninguém. Ou você acha que seu casamento vai mudar porque algum suposto representante de Deus irá mandar seu marido “cumprir a obrigação” de transar com você? Não caia nessa. Eu jamais iria querer que alguém se deitasse comigo porque foi obrigada.

Por último, confie que Deus conhece a sua história melhor que ninguém. Por isso, se você entender que o que aqui lhe digo é conforme o espírito do Evangelho – que é verdade, alegria e vida no Espírito Santo – separe-se dele sem expô-lo perante todos, conforme o exemplo de José, marido de Maria, mãe de Jesus. Você é muito nova e tem todo o direito de ser feliz com alguém que lhe ame. Se ele for apenas um homem que não gosta de sexo, também tem o direito de viver sozinho ou buscar alguém que também não goste. Não vejo nada de errado nisso. O erro, em minha opinião, é você continuar insistindo naquilo que você já sabe que não vai acabar bem para você.

Para sua ajuda leia também os textos desses links:

ELA SE CONVERTEU E MANDARAM ELA PARAR DE TRANSAR COMIGO!

MINHA MULHER É LINDA, MAS NÃO GOSTA DE TRANSAR...

NÃO ME MOTIVO A TRANSAR...

MINHA MULHER NÃO QUER TRANSAR COMIGO!

 

Um grande beijo

Bento Souto

http://blogdobento.blogspot.com/

blogdobento@hotmail.com

 

8 comentários:

Cláudio Nunes Horácio disse...

Mano, foi engraçado porque nos primeiros parágrafos cheguei a mesma conclusão que você, só que pensei comigo: "manera Cláudio" kkk. Aí você já foi falando de cara e eu fiquei de boca aberta.
Concordo contigo em tudo. Esta pobre irmã, mais que se divorciar, tem de abandonar a religião e ser tão somente de Jesus. Está no caminho errado, pois há um só Caminho que é Jesus, sem religiões e sem idiotices gospel. Paz e bem.

Luciana Rodrigues disse...

Puxa, fazia tempo que não passava por aqui!
Olha, concordo com o Cláudio.
A verdade é que a religião termina muitas vezes matando vidas, relacionamentos e infernizando consciências...

Vinicius disse...

Religião que é religião não inferniza nada, mas diviniza a pessoa é inconcebível alguem que se diz cristão apoiar o divórcio, não se sabe o que o homem passa se é algum transtorno psicologico, algo a ser tratado e com uma vida de oração, e muito diálogo e amor pode-se tudo resolver. Mas pessoas que se dizem cristãs aconselharem outras mal, é inconcebível, francamente não posso acreditar, é uma falta de vergonha na cara quem assim aconselha. E digo mais uma pessoa que assim aconselha não esta preocupada nenhum um pouco com o Reino dos Céus e sim com a vida terrena. Tudo aqui passa e um casamento assim não é o fim do mundo não. Sei que é dificil sim não sou um recalcado que esta apenas dizendo coisas e faltando com respeito, mas posso estar agindo sem respeito humano mas estou apenas sendo como um sentinela a soar a trombeta, pois o respeito humano e a omissão ja levou a tantos para o inferno. E encarando a cruz com resignação e coragem tudo pode ser vencido com o poder e a força da oração. Que Deus os abençoe.

Vinicius disse...

A fé sem obras é morta.

Vinicius disse...

Reze pela conversão de seu marido, reze, para que seus conflitos interiores cessem, reze para que voce mesma tenha força, o sofrimento neste mundo não é maior que a Glória que há de vir, na nova Jerusalém Celeste.
A vida dos santos da Igreja Católica nos ensinam bastante - muitos pensam que adoramos imagens mas isso na passa de uma sandice, uma ignorância das pessoas que julgam sem saber e conhecer - e um exemplo de santidade e perseverança foi o de Santa Mônica que rezou durante 35 anos pela conversão de seu filho, que é Santo Agostinho. Se ela preocupasse ou se apegasse as coisas da terra tenho certeza que não conseguiria tamanha perseverança, mas ela buscou as coisas do alto do Senhor.
POR ISSO BUSCAI AS COISAS DO ALTO.
O mundo ja está perdido com as suas concuspicencias e idéias fixas errôneas assim dos que aqui vi. a Paz

Unção sem Limites disse...

divorcio é o ultimo caso a se pensar, procure ajuda medica, ele pode ter algum problema, as vezes ate facil de resolver.

Daniele Rocha disse...

olá querida,
O seu marido precisa de cura interior. pode ter sido um problema gestacional, ou seja, pode ser que estavam esperando ou queriam uma menina e ele registrou tudo isso no inconsciente e agora manifesta em forma de impotência ou tendência homossexual, embora seja contra a vontade dele. é preciso ir até a causa primeira dos problemas, e você tem um forte aliado Jesus Cristo que é especialista em nos curar. Não exite em procurar ajuda psicológica, mesmo que ele nao queira vá voce para aprender a lidar com ele enquanto a cura nao vem. Deus te deu um lindo presente para exercitar o teu ministério.maos a obra, espere ele dormir e ore na cabeça dele, mas ore com muito fervor. se voce ora em linguas, pratique.Pare um pouco de se culpar, vc nao é protagonista dele. Também procure se dedicar um período exclusivamente pela cura dele e depois dos outros, para nao correr o risco de se esgotar espiritualmente.Vá a luta que vc vai encontrar respostas. Paz e Bem

Manuel Jesus disse...

Puxa jejuou tanto que ficou sem tesão.
Fala com o pastor que ele trata de você direitinho sem ele notar...lol
Voce mete coisas de mais na cabeça quando devia meter noutro lado...