sexta-feira, abril 08, 2011

VOCÊS VÃO TER QUE CHORAR QUANDO EU MORRER!





Quando soube dos detalhes do planejamento que fez o autor do massacre das crianças da escola de Realengo, no Rio de Janeiro, lembrei de um outro indíviduo.

"Vendo-se iludido pelos magos, enfureceu-se Herodes grandemente e mandou matar todos os meninos de Belém e de todos os seus arredores, de dois anos para baixo, conforme o tempo do qual com precisão se informara dos magos". (Mateus 2:16)

Em nenhuma outra fonte, senão no Novo Testamento, há o registro desse massacre de, provavelmente, umas 20 crianças, da pequena população que habitava aquela região. Porém, devido ao histórico de bárbaries cometidas por Herodes, o Grande (como ele ficou conhecido), ninguém duvida de que ele tenha mesmo ordenado tal massacre. Na História há registros de que Herodes matou ou mandou matar todos aqueles que se opuseram a ele, e até esposas e filhos que poderiam usurpar o seu trono.

No entanto, a ligação que eu fiz entre Herodes e o jovem que assassinou as crianças na escola do Rio de Janeiro se deu por causa do último desejo de Herodes. Segundo nos conta Flávio Josefo, historiador Judeu que viveu no século I, ao sentir que ia morrer devido a uma grave enfermidade, Herodes fez um último pedido a Salomé, sua irmã, e a Alexas, marido dela.

Herodes sabia que os Judeus o odiavam e que se alegrariam com a morte dele. Ele não queria que houvesse alegria quando morresse mas, sim, pranto. Para que o povo chorasse a morte dele, Herodes mandou colocar todos os líderes Judeus, queridos e amados pelo povo, no Hipódromo de Jericó. O pedido que Herodes fez a Salomé e Alexas foi que, quando ele desse o último suspiro, sem contar que ele havia morrido, eles ordenassem a morte de todos os líderes queridos pelo povo. Ou seja, na mente de Herodes, a morte dele seria a mais lamentada dentre todos os reis. Graças a Deus que Salomé e Alexas não fizeram conforme o planejado por Herodes.

Herodes e o jovem assassino das crianças na escola do Rio de Janeiro tinham o mesmo propósito: queriam que as pessoas chorassem quando eles morressem. Infelizmente, o último conseguiu o seu intento.


Abcs Bento Souto

Um comentário:

Nair Morbeck Sobrinha disse...

Tudo isso é muito lamentável..é tempo de choro e interrogações!

Shalom

http://nairmorbeck.blogspot.com/